"ÍNDICES DAS ESCOLAS FEDERAIS DESMONTAM TESE DE QUE ENSINO PÚBLICO NÃO TEM JEITO"

AFIRMA DEPUTADA LUCIANE

ÍNDICES DAS ESCOLAS FEDERAIS DESMONTAM TESE DE QUE ENSINO PÚBLICO NÃO TEM JEITO

 

A deputada estadual, Luciane Carminatti (PT/SC), afirmou hoje (26), na tribuna da Assembleia Legislativa, que a máxima de que a educação pública não tem jeito desmonta quando se analisam os inidcadores da rede federal. “Para avaliar os índices no Brasil, compara-se o ensino básico com o mundo e ficamos muito preocupados, porque o país está em 62º lugar”, disse.

 

Mas, segundo Luciane, na rede federal o País ocupa a 11ª posição, conforme avaliação do Programa Internacional de Avaliação de Estudantes (Pisa), e está à frente da Coréia do Sul, dos EUA e da Alemanha. “Isso prova que a educação pública pode ser muito boa. O que tem de diferente entre as redes, é que na federal o salário e o professor são valorizados. Ganham três ou quatro vezes mais do que um professor da educação básica e têm tempo para planejar, estudar e desenvolver projetos de pesquisa com os jovens”, ressaltou.

 

Luciane participou, esta semana, da abertura da Semana Nacional de Ciência e Tecnologia com o tema a “Matemática está em tudo”, no Instituto Federal (IFSC) de São Carlos. Segundo ela, este instituto tem uma relação muito próxima com a comunidade local, com os pescadores e os cursos são voltados a atendê-la, como o de aquicultura e pesca. Em 2018 será lançada a graduação em engenharia civil.

 

“Participei de toda a mobilização para a implantação desta unidade em São Carlos. Qualificar os jovens da região é perder menos gente para o litoral do Estado”, comentou. Hoje este IFSC está atendendo com 10 salas de aula, 12 laboratórios, quatro salas de informática, quatro voltados à engenharia civil e quatro voltados à agropecuária.

 

“É isso que o governo Temer tem chamado de gasto, dizendo que o Brasil está gastando demais. O Brasil gastou com coisa boa, implantou centenas de IFs no Brasil. Investir em educação é investir no futuro”, afirmou a deputada. Ela disse que graças ao governo Lula, que valorizou a educação, temos hoje, em Santa Catarina, 21 Institutos Federais. “E aprovamos uma meta no Plano Estadual de Educação para triplicar as matrículas da rede federal”, salientou.

 

 

Deixe uma resposta

LUCIANE CARMINATTI

Formada em Pedagogia e especialista em Orientação Educacional e na área de Educação Especial. Vereadora por dois mandatos e ex-secretária da Educação de Chapecó.

        

CONTEÚDOS

FACEBOOK

CONTATO