Professores catarinenses recebem homenagem

inédita na Alesc

Professores recebem homenagem inédita na Assembleia Legislativa

Neste dia 15 de outubro, dez professores catarinenses receberam homenagem da Alesc por sua atuação e contribuição, representando todos os profissionais da Educação de Santa Catarina em ato simbólico. A proposta foi da deputada Luciane Carminatti (PT), presidente da comissão de educação. 

 

Pela primeira vez, a Alesc suspendeu a sessão ordinária para o ato de valorização do magistério em plenário. Os professores, um de cada modalidade de ensino e um de cada região do estado, foram escolhidos por indicações da comunidade escolar, seja pelo potencial inspirador, por ter projetos que fazem a diferença ou por ser estudioso da área. 

 

Durante a homenagem, os professores Miguel Dittrich e Edilaine Aparecida Vieira ocuparam a tribuna para falar em nome da categoria. “Este é um momento de homenagem, mas também de luta”, resumiu a professora da Educação no Campo de Abelardo Luz.

 

“Este ato simbólico, que traz o professor para a centralidade do parlamento e do debate, é um convite a superarmos nossa condição histórica de não atribuir a devida importância à formação de professores, sobretudo, para a educação básica. Seguimos lutando acima de tudo, por uma carreira digna. Como professora que sou, com mais de 30 anos de magistério, anseio que, além de um dia para celebrar nossa profissão, essa data seja marcada pelo debate que nos leve à qualidade que o ofício requer, com proposições efetivas e compromissos assumidos por todos”, enfatizou a deputada Luciane. 

 

Confira aqui as fotos da entrega das placas no plenário. Neste outro link, veja mais fotos da homenagem. 

 

A merecida homenagem aos professores também rendeu destaque em participação ao vivo no Jornal do Almoço, da NSC TV. Assista aqui

 

A realidade do magistério catarinense em números 

 

O governo estadual ainda não implantou o reajuste do piso na carreira, mesmo a lei sendo de 2008. Além disso, professores recebem em média apenas 75% do salário de profissionais das outras áreas com a mesma formação. Não à toa, em uma turma de 45 alunos do ensino médio, não chega a três o número de candidatos a alguma licenciatura no vestibular. Em outro relatório, apenas 2,4% dos adolescentes têm interesse em se tornar professor no Brasil. As informações estão em documento recente publicado pelo Conselho Nacional de Educação

 

Pelos dados do Tribunal de Contas, mais da metade do quadro atual do magistério é formado por contratos temporários. São professores à margem dos programas de formação continuada, do plano de carreira e das chances de atuarem em uma única escola, condição essencial para a formação de vínculo com a comunidade escolar. 

 

Segundo a secretaria estadual, 17% dos professores efetivos estão doentes e o nosso estado não tem um programa de saúde aos trabalhadores da educação. Por isso, no próximo dia 30, a comissão de educação da Assembleia Legislativa vai promover um seminário, reunindo professores e especialistas em torno do debate sobre as principais necessidades e os exemplos de outros estados que podem culminar em uma proposta a ser assumida pelo governo estadual. O evento acontecerá a partir das 8h30, no auditório do Instituto Estadual de Educação, na Capital. 

 

 

Confira a lista dos homenageados 

 

Alessandra Cristina Bernardino – Escola Quilombola –  Joinville;

Edilaine Aparecida Vieira – Educação no Campo – Abelardo Luz;

Fátima Peres Zago de Oliveira – Educação Técnica e Profissionalizante

João Batista Antunes – Professor Indígena – Chapecó;

Josiana Soares Reis – Educação Especial – Lages;

Miguel Angelo Dittrich – Educação Básica Regular – Mafra;

Ricardo de Mattos Martins Cunha – Professor ACT – São José;

Paulo Sérgio Osório – Ensino Superior UNESC – Criciúma;

Diego Pacheco – EJA Florianópolis; 

Maria de Andrade Silva (representada por Valmorílio Rosa Botelho, professor aposentado) – Associação Catarinense dos Professores

——————————

 

Mais informações:
TALITA ROSA
ASSESSORIA DE COMUNICAÇÃO – DEPUTADA LUCIANE CARMINATTI

Contato: (47) 99722-2019 / (48) 3221-2662
[email protected]

Deixe uma resposta

LUCIANE CARMINATTI

Formada em Pedagogia e especialista em Orientação Educacional e na área de Educação Especial. Vereadora por dois mandatos e ex-secretária da Educação de Chapecó.

        

FACEBOOK

CONTATO